Arquivo do mês: janeiro 2008

Nokia Global Animation

Universal Everything pede a colaboração de todos no projeto Nokia Global Animation, que consiste em uma animação onde 1000 pessoas estarão segurando quadros brancos que servirão de suporte para a animação. A idéia é que a partir disto aja uma continuidade do processo feita pelo próprio publico onde a Universal apenas o iniciou com os primeiros 1000 frames.

A história dos negros através das revistas

Uma revista voltada para o publico negro chamada Hue (tonalidade)? Outra levava o nome de Jet (azeviche, coisa muito negra)? Este são alguns dos facinantes exemplos de como as revistas refletiam a cultura negra na América dos anos 50 estão presentes aqui no Flickr. “Eu não tenho uma postura politica, simplesmente exponho um pedaço da história social dos negros  no século 20 usando como exemplo os periódicos populares da época.” explica o proprietário da coleção. As imagens contam uma história própria: quão negras são as modelos de capa?

Applestore ao alcance de todos

 

 

Tudo o que você precisa para montar sua própria Applestore. Agora, qualquer pessoa pode transformar sua casa numa loja Apple. Claro que desembolsando uma pequena fortuna. (via) Link

As 10 melhores fontes de 2007

Como de costume, no início do ano sempre rola uma listinha dos “blablabla” de 2007, não fugindo a tradição a FontShop listou as 10 melhores fontes de 2007 que foram lançadas por eles. Algumas delas são muito boas, por sinal. Uma das “top ten” que me agrada bastante é Taz III do designer Luc(as) de Groot. Uma fonte sem serifa que casa tanto com textos como em títulos, uma família completa onde versões ultra lights e ultra black conversam harmoniozamente.

 

Michel Gondry é curador do Youtube

O Diretor/animador Michel Gondry é o curador do site YouTube durante o Sundance film festival, onde aconteceu a premiere do seu mais novo filme Be Kind Rewind. A coleção de videos relacionados ao festival vão bem no caminho criativo que você espera encontrar na playlist de Gondry, incluindo uma mistura de stop motion e pixilation, o video acima demonstra que o uso de alta tecnologia aliada ao computador faz com que os mesmos entendam um desenho e mecanismos simples.

Design Police


Trazendo o mal design para a justiça.

O “futuro” Apple está nos anos 60.

 

O ano de 2008 marca o 10º aniversário do iMac, computador que mudou a história da Apple, trazendo a nova era de projetos onde o design é o carro-chefe, tudo encabeçado pelo gênio do Design, Jonathan Ive. O que a maioria não sabe é que por traz disto tudo existe outro homem, cujo os produtos são o coração filosófico do design de Ive. Sua influência está presente em cada produto Apple, do hardware ao design “interface-usuário”. Este homem é Dieter Rams, e seus projetos para a Braun, durante os anos 50 e 60, trazem todos os aspectos não só do passado e do presente, mas também dos futuros produtos Apple. 

 

Se você der uma olhada nos produtos Braun com design de Dieter Rams – muitos deles no MoMA (NY) – e comparar com o trabalho do Ike na Apple vai claramente constatar as similaridades das filosofias e pensamento no uso das cores, seleção dos materiais e como o produto é criado com base na função sem um design artificial, apenas com um design “honesto”.  

 

A paixão pela simplicidade e pelo “design honesto”, sempre declarado por Ive nas entrevistas, é o mantra entoado por Dieter Ram nos 10 princípios de um bom design: 

 

• Bom design é inovação

• Bom design faz um produto útil

• Bom design é estético

• Bom design ajuda a entender um produto

• Bom design é discreto

• Bom design é honesto

• Bom design é conseqüência do ultimo detalhe

• Bom design é concebido com o ambiente

• Bom design é o menor design possível

 

A inspiração de Ive no design de Ram vai além da filosofia e faz uma homenagem direta aos produtos criados décadas atrás. 

 

As similaridades entre os produtos Braun e Apple são às vezes gritantes, outras mais sutil, mas sempre com algo comum que fornece aos novos objetos Apple não só uma beleza simples, como também uma proximidade marcante. 

 

Braun T1000 radio e PowerMac G5/Mac Pro

 

 

Detalhe frontal de um radio com superficie perfurada de aluminio

 

Radio de bolso Braun T3 e Apple iPod 

 

 

Algumas pessoas certamente vão chamar estes exemplos de “plágio”, mas num mundo onde o desenho industrial e a arte estão constantemente sendo recicladas nos novos trabalhos, é justo afirmar que os produtos Apple revelam grandes evoluções em conceitos clássicos.